Chave mistica

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Previsão Semanal de 25-06 a 01-07-2018

Arcano VII - O Carro

Para os próximos dias teremos presente a energia do Arcano VII- O Carro. Ao observarmos a imagem da lâmina podemos encontrar a representação de uma figura masculina que se apresenta numa carruagem onde dois cavalos de distintas cores, seguem direções antagónicas. Ao longo das nossas vidas, deparamo-nos muitas vezes com conflitos internos e externos, alguns com questões de maior complexidade que nos pedem uma ação, uma afirmação de posição, uma definição. A lâmina VII pede-nos que façamos uma reflexão sobre a vida que levamos, quem somos, quem desejamos ser e o que realmente queremos fazer com o nosso tempo de vida.

O Carro fala-nos da necessidade de rompimento com as fachadas criadas para os outros. Quando vivemos apenas para aquilo que é suposto, desejável, socialmente aceite, calamos as nossas próprias necessidades internas, renegando muitas vezes a plena satisfação e realização pessoal.
Muitas pessoas vivem uma vida amargurada, esta é, no entanto, o resultado das escolhas realizadas. A amargura da vida nada mais é do que a plena insatisfação pessoal. A sociedade incute-nos a necessidade de realizarmos determinadas escolhas, e desta forma, muitas vezes, colocamos inadvertidamente a nossa realização pessoal em terceiros, ficamos assim sujeitos às atitudes dos outros como barómetro para a nossa satisfação pessoal, tornando-nos dependentes dos outros, sujeitos a uma realidade externa, a qual não podemos controlar. Neste sentido que O Arcano VII- O Carro, alerta-nos, para a necessidade de sermos os senhores absolutos da nossa própria vida, os condutores, aqueles que têm a autonomia sobre a sua própria direção.

No âmbito profissional o Carro é uma carta que indica uma evolução, potenciado também viagens laborais e mudanças que anunciam uma progressão dentro do mesmo emprego ou da mesma área profissional.

Se está num relacionamento, verifique se o mesmo é o que deseja, se a pessoa que tem ao seu lado é aquela com quem quer realmente estar. Se estiver solteiro, é uma semana favorável ao inicio de novos relacionamentos. No campo afetivo este Arcano pede-nos que decidamos exclusivamente por nós próprios, evitando a influência de terceiros nas tomadas de decisão.

Ao nível da saúde, a energia do Arcano VII aponta para a possibilidade de aparecimento de situações psicossomáticas, questões de origem mental/emocional que é apenas a tradução, a expressão do estado interior. Assim toda a informação que transmitimos ao nosso organismo vai desencadear determinada sintomatologia em concordância com o tipo de energia que estamos a emitir e constantemente a alimentar.
A Lâmina VII traz-nos uma energia de mudança, de renovação, de novidade. Apesar de possuir uma energia positiva, o Carro adverte-nos para a existência de obstáculos, pois o caminho apesar de ser benéfico, possui, também ele, alguns desafios inerentes à aprendizagem da própria vida. Com determinação e coragem, mantendo a honestidade, a fidelidade para connosco próprios, temos a capacidade de conseguir assimilar melhor a proposta que este Arcano nos faz.

O desapego é algo essencial para que consigamos ter lugar para o novo, para as coisas que podem entrar nas nossas vidas como verdadeiras bênçãos. Para trabalhar o desapego, podemos começar por libertar a energia velha, aquela que está estagnada nas coisas que não usamos, nas gavetas e armários, nas nossas casas e empregos. Toda a energia que gera um peso acrescido deve ser desapegada, liberta, para que consigamos caminhar mais livremente. Aquilo que nos prende deve-nos libertar e isso é algo, que de uma ou outra forma, acaba por estar exclusivamente nas nossas mãos. Por vezes é necessário arriscar um pouco, mudar de trajetória muitas vezes não é fácil. É frequente planearmos uma meta e no meio das curvas da vida, acabarmos por nos distanciar, nos perder, porque a vida rumou noutro sentido e aquela estrada ficou, ou parece-nos ter ficado, distante. Quando nos perdemos, muitas vezes acabamos, de facto, por nos encontrarmos a nós próprios, no entanto, para encontrarmos novamente a estrada que nos conduzia ao nosso objetivo, pode ser uma tarefa um pouco mais desafiante, consoante o distanciamento da estrada que deixamos para trás. À medida que os anos vão passando, vamos desejando coisas diferentes, no entanto aquilo que a alma deseja é superior às questões da idade, mais profundo, imaterial, real e o alimento nutritivo do estado de felicidade.

Em resumo esta semana somos desafiados a sermos mais honestos connosco próprios, mais capazes de conduzir o nosso veículo na direção que desejamos realmente alcançar, por nós, pela nossa própria realização. Cortes com situações, pessoas, escolhas do passado são por vezes essenciais à evolução da vida, não por maldade, não por egoísmo, mas sim por maturidade e sabedoria que nos permitem identificar a estagnação, a desnutrição, a morte de determinada situação, relacionamento, escolha. Não podemos carregar absolutamente tudo connosco, se assim o for, dificilmente conseguiremos sair do mesmo sítio, por excesso de bagagem…
Que sejamos capazes de trabalhar o desapego!

Que a nossa semana seja preenchida com o melhor!

Um abraço,

Anastácia
Equipa Chave Mística

www.chavemistica.com

Sem comentários:

Enviar um comentário