Chave mistica

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Previsão Semanal de 11 a 17-06-2018

Arcano XI - A Força

Durante esta semana podemos contar com a energia do Arcano XI- A Força. Tal como o próprio nome indica, esta lâmina tem a capacidade de nos dar aquela força extra, que às vezes pode faltar, devido às correrias e exigências do dia-a-dia.

Para que seja possível tirar o máximo de proveito da energia que teremos disponível, é necessário que trabalhemos a capacidade de direcionar os nossos instintos com uma certa racionalidade. Quando falamos de força, estamos a falar da força física propriamente dita, no entanto, esta sem a adequada estrutura emocional torna-se simplesmente uma força bruta, sem filtro, apenas algo animalesco que se expressa. Desta forma, o Arcano XI- A Força, relembra-nos da necessidade de trabalharmos o nosso lado racional, aquele que nos permite resfriar as emoções e não reagir, apenas impulsiva e instintivamente.

A força sem a tática conduz à brutidão, ao ato cego que pode gerar danos irreparáveis. Quando agimos simplesmente por impulso, o resultado será da mesma natureza do ato que o originou, neste sentido semeamos, e assim colheremos, atos de inconsciência.

Para que possamos canalizar as nossas energias de forma a atrair algo, temos que conseguir ser objetivos. Para tal é necessário que nos foquemos num ponto que nos permita delinear a direção para a qual queremos caminhar. Quando andamos sem rumo, sem um objetivo traçado, muitas vezes perdemos a nossa própria capacidade de direção. A nossa energia é distribuída para as diferentes situações/possibilidades que de alguma forma, despertam a nossa atenção, e estamos assim, simplesmente a espalhar energia, impossibilitando o direcionamento da força de atração que tanto desejamos, para aquilo que realmente queremos. Assim, torna-se absolutamente necessário definir qual o rumo a seguir.

O que queremos nós realmente? Qual é o próximo passo que desejamos alcançar? Ao respondermos a estas questões adquirimos uma maior capacidade de focarmos as energias e direcionarmos as mesmas para o nosso objetivo.

A força tem a capacidade de amplificar as vibrações que emitimos, no entanto, ao serem propagadas estas apenas semeiam a energia que possuem, logo semelhante à que as criou. Iremos inevitavelmente atrair aquilo que mais alimentamos, independentemente do nosso desejo pois é a mensagem que estamos a enviar ao Universo. Tal como numa receita culinária, é necessário um conjunto de ingredientes que permitam fazer o prato que queremos. Seria difícil fazer uma omelete com uma alface, assim é com a vida, ela apenas nos poderá trazer aquilo que de alguma forma, energeticamente temos alimentado e dado assim, à vida. 

Para tirarmos o maior benefício da energia do Arcano XI, é necessário que tomemos as nossas decisões em concordância com o nosso sentir maior, sem apegos a pequenas quezílias e frustrações que quando olhadas através da completa contemplação de toda a vida, se tornam tão ínfimos, tão insignificantes que chega a ser embaraçoso pensarmos que algum dia fizeram parte dos nossos pensamentos, convicções ou objetivos. A consciência é trabalhada e adquirida de forma natural, basta estarmos plenamente abertos a ela e nos desapegarmos da possibilidade de mudarmos as nossas ideias, pois estas não devem de todo ser um dogma pois se assim o forem constam num impedimento gigante à aprendizagem e consequente evolução.

A aprendizagem é algo que se faz diariamente, a cada dia neste plano terreno. Todos, sem exceção, temos situações a serem limadas, talentos desconhecidos, fantasmas que fazem parte do ser em plena evolução que somos. O objetivo do crescimento não é a busca da culpa nem da recriminação, mas sim a aceitação de comportamentos que devem ser transmutados a fim de libertar a essência mais pura que habita em nós, o ser espiritual, a essência divina da qual todos somos feitos.

A vida é uma luta constante, a forma como encaramos a luta irá determinar toda a vivencia do processo. Imaginemos um trabalho ao qual nos temos de “submeter” pois de momento não existe outra alternativa. Podemos escolher vivenciar este processo agarrados a um sentimento pesaroso ou abraçar o mesmo com a maior recetividade possível, tentando tirar o maior proveito das aprendizagens que surgirem. Em ambas as formas poderá ser possível percorrer o percurso proposto, no entanto, certamente, uma postura pesarosa irá dificultar, em grande parte, a vivência da aprendizagem, conduzindo a um acréscimo de dificuldades, que se tornam maiores, devido à postura adotada perante a situação.

O Arcano XI, fala-nos desta forma, da dualidade interna. A força e a inteligência, a resistência e a rendição, a aceitação e o apego, a alma e o ego.

A nível profissional podemos contar com uma semana de desafios, onde poderá ser necessário mostrar o que vale a fim de ver reconhecidos os seus esforços. Lembre-se de usar a sua força emocional e não apenas a resistência física. A inteligência e perspicácia são excelentes aliados, não se esqueça de os usar!

Na vida familiar e nos relacionamentos podemos contar com uma semana um pouco mais desafiante onde serão colocados à prova as diferentes opiniões e a capacidade de gerir conflitos. Será pedida maior atenção ao lado mais animal, instintivo, reativo, bruto, afim de evitar situações menos agradáveis.

No campo da saúde, devido à forte energia sentida, pode haver maior fragilidade do organismo, podendo surgir manifestações de sinais e sintomas que se encontram diretamente ligados à forma como vivemos a vida, o que escolhemos guardar, o que alimentamos, o que faz parte de nós.

A vida é um desafio constante, no entanto, é a melhor das possibilidades que temos de evoluir, de fazermos algo diferente, de sermos realmente os autores da nossa própria história independentemente do ponto onde esta teve origem.

Que a nossa semana seja preenchida com o melhor!

Um abraço,

Anastácia
Equipa Chave Mística

www.chavemistica.com

Sem comentários:

Enviar um comentário